Este ano houve um aumento substancial no número de candidatos pleiteando o título de especialista em medicina do exercício e do esporte pela Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte.

“A função da prova é selecionar os médicos que estão capacitados a exercer a especialidade; e o crescimento da procura pelo título nos sinaliza que mais indivíduos estão se dedicando ao estudo da medicina do exercício e do esporte. Acredito que isso aconteça em função de que tanto a população quanto a comunidade médica estão mais conscientes dos benefícios da atividade física à saúde”, afirma o médico especialista em medicina do exercício e do esporte e diretor da SBMEE, Marcos Henrique Ferreira Laraya. Segundo ele, este sucesso do TEME 2017 estimulou a criação de uma comissão para cuidar exclusivamente da prova a partir de 2018. “Ainda não posso falar muito sobre essa novidade, mas adianto que se trata de um grupo composto por especialistas de altíssimo nível”, completa o doutor Laraya.