Chegou o tão esperado fim de semana da sua maratona, agora é a hora de não deixar que pequenos erros façam com que surja um grande revés na hora da competição. Por isso, falamos com dez, isso mesmo, DEZ especialistas sobre o que NÃO fazer no fim de semana pré prova. Afinal, você não vai desperdiçar todo o treinamento tão perto de alcançar o objetivo. Confira

Treinador

No fim de semana da maratona, é importante não mudar hábitos corriqueiros, ou seja, não vá fazer algo que não está dentro da sua rotina, deixe para experimentar coisas diferentes em treinos, onde não existirão grandes problemas em parar a atividade caso haja desconforto. Se conhecer e saber quais são as variáveis perfeitas e como devem ser utilizadas é essencial para um bom rendimento na maratona”, Fellipe Franco, treinador da ZTrack Assessoria Esportiva.

Fisioterapeuta

“Levando em consideração que a posição de sentar é uma que leva a retrações musculares importantes, considero imprescindível que o atleta movimente-se no dia anterior da prova e não fique muito tempo sentado. Durante o tempo de descanso é melhor ficar deitado do que sentado. Caminhadas são recomendadas, mas pessoalmente, prefiro não correr no dia anterior à prova”, Claudio Cotter, fisioterapeuta.

Psicólogo

“Não foque no negativo. Não adianta pensar nos problemas do preparo e que poderia ter se dedicado e treinado mais. É importante focar em tudo que fez, em como está preparado e pronto. É bacana tentar fazer uma imagem mental sua cruzando a linha de chegada, pensar em uma imagem positiva: você chegando bem, com tranquilidade, com os obstáculos ultrapassados e com a meta conquistada”, Elaine Lopes, psicóloga e coach.

Fisiologista

“O ideal é descansar o máximo possível e evitar realizar treinos, principalmente com intensidade e/ou volume, para não desgastar o corpo e prejudicar o rendimento”, Ricardo Zanuto fisiologista, nutricionista e educador físico.

Atleta

“Evito comer carne nas refeições pré prova e escolho sempre a massa. Invisto na hidratação dias antes e não uso roupas, acessórios ou tênis novos em nenhuma competição. Sempre teste tudo antes, desde roupas até suplementação. Coloque as pernas para o alto e deixe que a circulação melhore”, Alexandre Diniz, maratonista.

Ginecologista

“Não use medicamento que não esteja habituada e não esqueça de tomar seu contraceptivo, já que na hora existe um risco de sangramentos. Fique atenta”, Tathiana Parmigiano, ginecologista.

Médico do esporte

“Evite bebidas alcoólicas, cigarros e alimentos gordurosos. É importante controlar o sono dias antes, deixando de lado também treinos pesados. Não mude a rotina nessa reta final de preparação e evite usar estimulantes”, Dr. Ricardo Galotti, médico do esporte e membro da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte – SBMEE.

Cardiologista

“Evite o uso de substâncias estimulantes como suplementações e bebidas energéticas. Elas aumentam a frequência cardíaca e predispõe o aparecimento de arritmias quando submetidos a sobrecarga física no momento da realização do exercício.

Aos corredores que fazem uso de medicações para controle de hipertensão arterial, procure tomar a dose habitual, evitando mudanças no horário da administração ou na dose tomada.

Aos que apresentam alteração de níveis pressóricos ou de ritmo cardíaco nas vésperas ou mesmo no dia da competição, é necessário passar por avaliação médica e, dependendo do caso, evitar competir em tais condições”, Carlos Portella cardiologista da Clínica Fares.

Ortopedista

“Evite sobrecarregar as articulações e não faça treinos longos durante a semana da maratona. Já as mulheres corredoras, especificamente, devem evitar usar salto na véspera dos 42 km, pois ele desequilibra o corpo e prejudica o descanso dos pés, além de poder causar dores e lesões nos dedos como calos e bolhas”, Ana Paula Simões, ortopedista.

Nutricionista

“Não consumir álcool com toda certeza é uma das melhores dicas, então nada de farra. Invista em uma alimentação rica em gordura e açúcar, pois são esses componentes os usados pelo corpo na maratona, mas coma moderadamente, pois em excesso eles podem atrapalhar”, Fernanda Grijó, nutricionista.

 

Acesse o link do Portal Webrun: https://www.webrun.com.br/maratona-dicas-especialistas/